Desporto

13-09-2016 16:25

Semana Europeia do Desporto vai aproximar escolas e autarquias

Governo promete ligação próxima a escolas e autarquias na Semana Europeia do Desporto.
434b4dfefd43cb2270ddf9fbdaba6b5d4443ac67.jpg
Foto: © 2016 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Semana Europeia do Desporto vai aproximar escolas e autarquias

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O secretário de Estado do Desporto encerrou hoje o lançamento da Semana Europeia do Desporto com um discurso otimista e a promessa de uma ligação maior entre as várias entidades no seio do Governo, escolas e autarquias.

"A falta de prática desportiva reflete-se numa diminuição da qualidade de vida das pessoas, com sérias repercussões no aumento das despesas de saúde", vincou João Paulo Rebelo.

O secretário de Estado do Desporto focou que vai existir "uma ligação mais próxima entre a SED e o desporto escolar" e enalteceu o facto de a cidade de Lisboa ser "candidata a ganhar o estatuto de cidade europeia do desporto em 2021", depois de Setúbal ter exercido essa condição durante 2016, com o "sucesso que se reconhece".

João Paulo Rebelo evocou ainda o ‘slogan’ "sejam ativos, escolham ser saudáveis" e citou a antiga campeã olímpica Rosa Mota como um bom exemplo de pessoa saudável e jovial.

Rosa Mota, uma das ‘embaixadoras’ da Semana Europeia do Desporto, quer tirar os jovens do sofá, recordando que, em Portugal, 64 por cento da população é inativa em termos de prática desportiva, percentagem que supera a atual média europeia de inativos, que atinge os 59 por cento.

"A situação inverteu-se. Agora vê-se a minha geração a praticar desporto e os miúdos a ficarem em casa. Queremos ter jovens saudáveis e não apenas campeões. E que, na escola, o desporto seja uma disciplina como as outras", apelou a antiga campeã olímpica da maratona em Seul1988.

Outro antigo campeão olímpico, Carlos Lopes, adotou idêntico discurso. "Devemos dar mais condições e liberdade aos jovens para fazerem aquilo de que gostam. E adaptar os horários de trabalho para as pessoas praticarem mais desporto. Aquilo que eu e a Rosa Mota fizemos foi um autêntico milagre", frisou.

O presidente do Instituto de Desporto e Juventude (IPDJ) salientou que está prevista a realização de centenas de eventos em diversos locais do país, entre 24 e 30 deste mês. "As quatro vertentes principais desta iniciativa incidem na educação, nos locais de trabalho, atividades ao ar livre e ginásios", disse Augusto Baganha.

Jorge Carvalho, diretor do IPDJ, argumentou com números. "Temos cerca de 14 milhões de crianças obesas no espaço da União Europeia. E morreram cerca de 600 mil pessoas devido a problemas de saúde. Os encargos financeiros com o setor da saúde atingem os 17,5 milhões de euros por ano".

José Vítor Pedroso, diretor geral da Educação, divulgou que, no dia 28 deste mês, "vai ocorrer um ‘open day’ em termos de desporto escolar" e apelou a todas as escolas do País que se envolvam nesta iniciativa. "Sabemos que os melhores alunos praticam desporto e promovem um estilo de vida saudável".

Já o vereador do pelouro do Desporto da Câmara Municipal de Lisboa salientou que existe uma "parceria real entre a autarquia e o IPDJ para promover cada vez mais o exercício físico".

Jorge Máximo revelou duas iniciativas que a edilidade lisboeta vai promover durante a Semana Europeia de Desporto. "Vamos organizar uma prova de águas abertas no rio Tejo e fazer uma homenagem simbólica ao malogrado Mário Moniz Pereira, com a criação de um mural em Lisboa no dia 30 deste mês".

Conteúdo publicado por Sportinforma