Desportos de Combate

14-03-2017 14:38

Mayweather vs McGregor: Crónica de um combate anunciado

Hipótese tinha sido lançada, descartada, relançada e agora é oficial: Temos combate.
Mano a Mano entre Mayweather e McGregor já tem data e local

Mano a mano já tem data e lugar

Por José Rafael Lopes sapodesporto@sapo.pt

Floyd 'Money' Mayweather e Connor McGregor vão mesmo entrar em ringue para lutar um contra o outro. O anúncio foi esta terça-feira e satisfez milhares de fãs de desportos de combate. Uma disputa entre os dois atletas tem sido uma das hipóteses mais fortes desde que começaram as 'lutas' verbais. O combate foi anunciado esta semana, mas os primeiros golpes já foram dados há algum tempo.

A ideia de que MayWeather (Boxe) e McGregor (MMA) poderiam entrar em ringue para se defrontarem começou no ano passado. Colocar dois atletas de topo de dois estilos de combate diferentes foi o mote que deu início à primeira fase do combate: Os ataques nas declarações à imprensa.

McGregor deu o primeiro 'soco' quando afirmou que não tinha medo de defrontar o invicto campeão de boxe, Floyd Maywether. Numa entrevista aos media norte-americanos, o irlandês assegurou que o seu trabalho é combater e que lutaria contra qualquer pessoa, Mayweather incluído.

A resposta do norte-americano não tardou. Numa fase inicial do processo de agendar a luta, Mayweather afirmou que estava reformado e que não havia nenhuma chance para regressar aos combates. As reacções à decisão de 'money' foram mistas. Enquanto alguns fãs aplaudiram a acção do pugilista, a maioria dos interessados colocou em causa a coragem do norte-americano.

Na irlanda, já em dezembro do ano passado, o lutador da UFC deixou o mote para um possível combate entre os dois. Numa série de perguntas e respostas, o irlandês assegurou que, se lutasse com Mcgregor, tentaria deixá-lo KO. Recorde o momento:

Perante todas as comunicações e especulações sobre um possível combater, Mayweather destapou parte do manto sobre um possível combate. O puglista norte-americano começou a dar conta de uma possibilidade crescente de voltar da reforma para entrar em ringue pela 50ª vez. Na sua carreira, Mayweather soma 49 vitórias e zero derrotas. Um dos últimos combates do norte-americano contra Manny Pacquiao foi considerado por muitos o 'combate do século'.

Embate passou do 'Talvez' para o "Assina os papéis"

Quando já todo o Mundo das artes marciais esperava um combate eminente, Floyd Mayweather fez a vontade a todos os que acompanharam a disputa. 'Money' assegurou que voltaria da reforma, mas que apenas queria lutar contra uma pessoa: Connor McGregor. As imposições de Mayweather não se ficaram por ai. O norte americano exigia ainda uma verba de mais de 100 milhões de euros pelo combate. Por fim, Mayweather queria jogar em casa. Isto é, que o embate fosse feito num ringue de boxe e não no octógono do MMA.

Com o mote dado, Mayweather passou ao ataque e lançou o desafio a McGregor. O autoproclamado "Melhor de todos os tempos" declarou por várias ocasiões que apenas faltava ao irlandês aceitar as suas condições para avançar com o combate, uma vez que já tinha assinado a sua parte dos papéis. Recorde o momento

Questões contratuais colocaram combate em causa

Com ambos os atletas no mesmo comprimento de onda em relação a um combate, as questões de logística colocaram em causa a realização do evento. Mayweather estava reforçado, mas ainda tem várias ligações a patrocinadores. Contudo, a questão pendia sobre o irlandês. Com contrato exclusivo com a UFC, Connor McGregor necessitava de uma autorização para poder entrar no ringue fora das competições da UFC. Em cima da mesa ficou uma opção de incluir a UFC na organização para que o evento fosse em frente.

Para já, McGregor continua muito ativo nas redes sociais e as provocações a Mayweather estão na ordem do dia.

Todos os obstáculos acabaram por ser ultrapassados e o combate vai mesmo para a frente. O encontro entre Mayweather e McGregor vai decorrer no dia 10 de junho de 2017, em Las Vegas. O evento terá lugar no T-Mobile Arena naquele que se prevê que seja um dos maiores 'Pay Per Views' de sempre da história dos desportos de combate. Cada um dos atletas vai receber 100 milhões de dólares pelo combate. O embate será em 'casa' de Mayweather, uma vez que vão competir em boxe.

O anúncio do combate tem sido bem recebido nas redes sociais.

Conteúdo publicado por Sportinforma