Surf/Austrália

16-03-2017 07:15

Frederico Morais inicia Mundial de Surf da melhor forma

O surfista português avançou para a terceira ronda na primeira etapa do circuito de surf.
Frederico Morais em ação

Frederico Morais em ação

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O português Frederico Morais qualificou-se hoje para a terceira ronda do Quiksilver Pro Gold Coast, na Austrália, da primeira etapa do circuito mundial de surf, impondo-se ao brasileiro Filipe Toledo e ao australiano Adrian Buchan.

O surfista cascalense venceu o 10.º ‘heat’, com 15,70 pontos (8,73 e 6,97), relegando para a repescagem Toledo, 10.º do circuito em 2016, e Buchan, 14.º, que somaram 15,10 (7,60 e 7,50) e 13,43 (7,43 e 6,00), respetivamente.

“Estou muito feliz! Sabia que ia ser difícil, o Filipe tem estado a surfar muito bem e o mar estava instável, mas concentrei-me em mim e no meu surf e, quando pude tentar a última onda, sabia que havia pouco tempo, cerca de um minuto, e tive de arriscar, era a última hipótese, e felizmente consegui”, afirmou o português, após se ter tornado no único dos ‘rookies’ vencer a primeira eliminatória.

‘Kikas’ cumpre na Austrália o primeiro campeonato como integrante do circuito mundial, depois de ter terminado o circuito de qualificação no terceiro lugar e já ter disputado quatro campeonatos com a ‘elite’, sempre como ‘wild-card’.

O havaiano John John Florence, detentor do título mundial, o sul-africano Jordy Smith, o norte-americano Kolohe Andino, os australianos Mick Fanning, Matt Wilkinson, Julian Wilson e Joel Parkinson e os brasileiros Jadson André e Gabriel Medina também avançaram diretamente para a terceira ronda, enquanto o norte-americano Kelly Slater, 11 vezes campeão do mundo, foi relegado para a segunda ronda, de repescagem.

O período de espera do Quiksilver Pro Gold Coast, a primeira das 11 etapas do circuito, decorre até 25 de março.

Conteúdo publicado por Sportinforma