Homenagem Manuel Sérgio

21-03-2017 16:52

Nuno Delgado: "Manuel Sérgio ensinou-me sobre a transcêndência desportiva"

Antigo judoca afirmou que foi o professor de filosofia que o fez pensar sobre ser um cientista da motricidade humana e não um professor de educação física.
Nuno Delgado
Foto: SAPO Desporto

Nuno Delgado homenageou o seu professor na Faculdade de Motricidade Humana

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Nuno Delgado foi uma das vozes chamadas a dar o seu testemunho sobre a experiência de convivência com Manuel Sérgio, seu professor na Faculdade de Motricidade Humana. O antigo judoca recordou o exemplo que o educador foi para ele.

"Muito mais do que professor de educação fisica eu queria ser um cientista de motricidade humana. Acima de tudo, os livros, as conversas, o exemplo do professor Manuel Sérgio contribuíram para eu ir compreendendo a parte que nos move para a transcendência do desporto, e foi isso que nos tentou ensinar. Nós no judo não nos chamamos atletas, chamamo-nos artistas, porque somos todos atletas e queremos expressar-nos. Quando terminei a minha carreira, pensei na escola e tive uma grande desilusão, porque a faculdade preparou-nos a sermos cientistas da motricidade e depois fomos obrigados a ser professores de educação física", recordou o antigo medalhista olímpico.

Nuno Delgado falou no último dia do Colóquio Internacional Professor Manuel Sérgio: Obra e Pensamento, onde várias personalidades do mundo do desporto, da cultura e da política deram o seu testemunho sobre a sua convivência com o filósofo.

Conteúdo publicado por Sportinforma