Atletismo

30-03-2017 21:53

Paul Tergat candidato à presidência do Comité Olímpico do Quénia

Paul Tergat decidiu avançar com a sua candidatura após as recentes alterações estatutárias no Comité Olímpico do Quénia
Paul Tergat, ex-vice-campeão olímpico dos 10.000 metros
Foto: EPA/Tytus Zmijewski

Paul Tergat, ex-vice-campeão olímpico dos 10.000 metros

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O ex-vice-campeão olímpico dos 10.000 metros em Atlanta96 e Sidnei2000 Paul Tergat, anunciou hoje que se vai candidatar à presidência do Comité Olímpico do Quénia (NOCK), nas eleições a realizar no início de maio.

“Depois de servir o meu país como atleta por mais de duas décadas, vou dar início a uma nova corrida e a um novo capítulo da minha carreira”, disse Paul Tergat, de 47 anos, que desde 2013 é membro do Comité Olímpico Internacional (COI).

Para além das duas medalhas de prata olímpicas, o fundista Paul Tergat sagrou-se ainda vice-campeão mundial em Atenas1997 e Sevilha1999, depois do bronze em Gotemburgo1995.

Paul Tergat decidiu avançar com a sua candidatura após as recentes alterações estatutárias no Comité Olímpico do Quénia (NOCK), nomeadamente no que refere a abrir a eleição a antigos atletas e não apenas a presidentes das federações.

A decisão de realizar novas eleições para a liderança do NOCK surge após os escândalos verificados nos Jogos Olímpicos do Rio2016, e às exigências do COI, que desde o início de março congelou a ajuda financeira ao Quénia, até que sejam feitas reformas profundas.

Em setembro de 2016, o chefe da delegação queniana aos Jogos Brasil2016, Stephen Arap Soi, foi acusado de desviar 250.000 dólares (cerca de 231.000 euros), e em novembro o vice do Comité Olímpico do Quénia (NOCK) também foi acusado de ter desviado verbas de patrocinadores destinadas aos atletas.

A presidência do Comité Olímpico do Quénia (NOCK) é ocupada presentemente pelo ex-atleta Kipchoge Keino, de 77 anos, duplo campeão olímpico de meio-fundo no México1968 e em Munique1972, que se apresenta a sufrágio para novo mandato.

Conteúdo publicado por Sportinforma