Taekwondo

31-03-2017 12:26

Atletas têm de pagar do seu bolso para participar no Europeu sub-21

Federação refere que cada atleta tem de ser patrocina, devido às dificuldades financeiras que o organismo está a passar.
Taekwondo
Foto: IMAPRESS / COP

Atletas de taekwondo têm de pagar para participar no campeonato europeu da categoria

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A Federação Portuguesa de Taekwondo (FPT) estabeleceu como condição de participação no Campeonato da Europa de sub-21, a realizar-se na Bulgária, em abril, o pagamento de 900 euros a cada atleta convocado.

Num e-mail da FPT, a que a agência Lusa teve acesso, para os clubes dos atletas Filipa Bastos, Sara Vital, Sofia Cruz, Francisco Costa, Carlos Brito, Diogo Gomes e Pedro Alves é referido que, "no âmbito das dificuldades financeiras que está a atravessar, a direção da FPT deliberou participar no Campeonato Europeu de sub-21 sob forma de patrocínio direto ao atleta".

A federação estabeleceu como "condições" para essa participação no evento desportivo que "cada atleta deverá ser patrocinado".

"O valor do patrocínio é de 900 euros, o que inclui viagem, transferes, estadia para seis noites com pequeno-almoço e inscrição na prova. A alimentação não está incluída, mas terá que ser também suportada pelos próprios", pode ler-se.

À agência Lusa, o presidente da FPT, José Luís Sousa, confirmou essas condições e explicou que elas se devem às "dificuldades financeiras" por que a federação atravessa.

Segundo o dirigente, reconduzido no cargo em fevereiro, essas dificuldades têm que ver sobretudo com o facto de não estar assinado o contrato-programa com o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) em virtude do relatório e contas de 2015 ter sido chumbado em maio do ano passado em assembleia-geral extraordinária.

José Luís Sousa referiu que, enquanto as associações distritais não aprovarem essas contas, não sabe quando é que a federação poderá assinar novo contrato com o IPDJ e, dessa forma, assegurar financiamento para este tipo de despesas das seleções nacionais.

José Luís Sousa disse ainda que esta foi a forma encontrada de "assegurar aos atletas a possibilidade de participarem na competição" e que todos arranjaram os respetivos patrocínios, partindo na terça-feira para a capital búlgara, Sófia, onde, de 06 a 09 de abril, se realiza o Campeonato da Europa sub-21.

Conteúdo publicado por Sportinforma