Vela

09-04-2017 16:47

Catamarã “Race for Water” inicia volta ao mundo contra a poluição dos oceanos

O catamarã “Race for Water”, ex-“PlanetSolar”, zarpou hoje de Loriente, no oeste de França, para uma volta ao mundo de cinco anos.
Catamarã “Race for Water” inicia volta ao mundo contra a poluição dos oceanos
Foto: Sail Portugal

Catamarã

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O catamarã “Race for Water”, ex-“PlanetSolar”, zarpou hoje de Loriente, no oeste de França, para uma volta ao mundo de cinco anos, dedicada à luta contra a poluição dos oceanos pelos plásticos.

“Este é um grande dia”, disse o navegador e comandante da expedição francesa, Gérard d’Aboville, antes de embarcar no navio, que é totalmente autónomo do ponto de vista energético.

O “Race for Water” zarpou de Loriente pelas 14:00 de Lisboa, saudado por cerca de 250 pessoas, segundo a agência France Presse.

Esta expedição visa sensibilizar a população para o problema da poluição dos oceanos pelos plásticos, realizar estudos científicos ao serviço dos oceanos, e promover novas soluções tecnológicas, capazes de lutar contra esta poluição.

O catamarã, de 35 metros de comprimento, tornou-se conhecido em 2012 sob o nome de “PlanetSolar” por ter realizado a primeira volta ao mundo, sustentado apenas por energia social, graças a uma superfície de 540 metros quadrados de painéis solares.

A embarcação, propriedade da fundação suíça Race for Water, dedicada à preservação da água, sofreu importantes modificações de modo a aumentar a sua capacidade de autonomia energética.

A expedição fará escalas no arquipélago das Bermudas, por ocasião da America’s Cup, depois em Tóquio, por ocasião dos Jogos olímpicos de 2020, e no Dubai, entre outubro de 2020 e abril de 2021, para a Exposição Universal.

Conteúdo publicado por Sportinforma