Modalidades

06-05-2017 13:57

Açores com 76 atletas nos jogos das ilhas, em Martinica

Açores vão estar representados em oito modalidades (atletismo, futebol, judo, natação, ténis de campo, ténis de mesa, vela e voleibol), sendo que os jogos integram ainda as modalidades de ginástica artística, karaté, râguebi e triatlo.
Vela
Foto: DR

Vela é uma das modalidades em prova

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Os Açores vão participar com 76 atletas, entre os 12 e 16 anos, na 21.ª edição dos jogos das ilhas, entre 09 e 14 de Maio, na ilha de Martinica, na França, informou hoje o executivo açoriano.

Nesta competição, os Açores vão estar representados em oito modalidades (atletismo, futebol, judo, natação, ténis de campo, ténis de mesa, vela e voleibol), sendo que os jogos integram ainda as modalidades de ginástica artística, karaté, râguebi e triatlo.

A edição de 2017 dos jogos das ilhas conta, para além da presença dos Açores, com a participação das Ilhas Baleares, Cabo Verde, Córsega, Guadalupe, Martinica, Sicília e Guiana.

Numa nota do Gabinete de Apoio à Comunicação Social do Governo Regional dos Açores (GACS) enviada às redações, lê-se que para além dos 76 atletas, a comitiva açoriana integra ainda 16 técnicos e dirigentes e três elementos da Direção Regional do Desporto.

Os Jogos das Ilhas, organizados anualmente pelo Comité Organizador dos Jogos das Ilhas (COJI), realizam-se desde 1997, sendo que a primeira edição decorreu em Ajácio, na Córsega, onde o COJI está sedeado.

A competição, que integra atualmente 22 ilhas/regiões de 11 países, já decorreu quatro vezes em Portugal, nomeadamente na Madeira, no ano 2000, e nos Açores, em 2003, 2010 e 2015.

Os Jogos das Ilhas têm como objetivo principal a criação de um espírito de cidadania europeia, no contexto do ideal olímpico, que permita passar à juventude, através do desporto, uma mensagem desportiva fundamentada no 'fair play' e no respeito pelos outros, possibilitando também o encontro entre jovens de origens diferentes, mas que têm em comum a insularidade.

Esta competição, que se realiza de acordo com as regras internacionais, destina-se a jovens cuja situação desportiva tenha enquadramento das respetivas federações desportivas nacionais.

Conteúdo publicado por Sportinforma