Modalidades

16-07-2017 10:54

Tecnologia portuguesa suporta provas internacionais de canoagem

Empresa tecnológica portuguesa tem parceria com a Associação Europeia e provas das Federação Mundial.
456e9568903a51f4ce133f70ddf6a30f10242450.jpg
Foto: © 2014

Empresa portuguesa está presente em várias provas de canoagem

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A organização das maiores competições internacionais de canoagem está "consideravelmente suportada" em tecnologia portuguesa, com uma parceria tecnológica exclusiva para a associação europeia (ECA) e boa parte das provas da federação mundial (ICF).

"Apresentamos uma ampla solução integrada que trata, por exemplo, dos resultados das provas. Temos um portal com bancos de dados com perfil de mais de 3.000 atletas, através do qual se inscrevem nas provas, e até grafismos para as transmissões televisivas e os ecrãs gigantes no espaço da competição", disse à Lusa Marcos Oliveira.

O empreendedor do Porto, há mais de uma década ligado à canoagem, destaca ainda o serviço de organização logística de voos, estadias e transportes para as equipas, sistema de photo-finish, ou o sistema de corrida virtual, "que permite às pessoas seguirem em casa as provas, em tempo real, com grafismo com os caiaques a avançar e os tempos parciais e finais".

O serviço inclui ainda todos os sistemas de controlo e organização utilizados pela arbitragem.

Esta implantação internacional é alicerçada numa parceria entre a Spotfokus/Pontopr e a Memosoft que em 2016 expandiu já para o Brasil, onde são responsáveis pelos nacionais de canoagem e estão em negociações com o remo, as duas modalidades que este consórcio trata há já alguns anos em Portugal.

"Este ano fazemos todas as grandes provas internacionais de pista, maratonas e caiaque de mar, excetuando o mundial de pista da República Checa e a Taça do Mundo da Hungria. Com a federação internacional os acordos são prova a prova, sendo que somos o projeto aconselhado em primeiro lugar a todas as organizações de eventos", acrescenta Rui Mendes.

A Spotfokus/Pontopr, especialista em novas tecnologias e soluções online, e a Memosoft, empresa de programação à medida, apresentam um "conjunto de produtos capazes de se adaptarem às necessidades específicas de cada organização, incluindo tanto o ‘software' como o ‘hardware'".

"As nossas soluções têm o contributo de investigação de universidades portuguesas. Preferimos desenvolver produtos 100 por cento nacionais", completa Marcos Oliveira.

Elly Muller, responsável da ECA por todas as organizações Europeias, destaca a "competência, inovação e profissionalismo do projeto português", considerando-o o seu serviço "ímpar em termos internacionais".

Além da tecnologia, Portugal também se destaca na canoagem internacional com a Nelo, o maior construtor mundial de caiaques de competição, que ‘conquistou’ mais de três quartos das medalhas no Rio2017, nomeadamente 27 em 35 possíveis.

Conteúdo publicado por Sportinforma