Roland Garros

06-06-2012 17:40

Sharapova a uma vitória da liderança

A russa está a um jogo da final de Roland Garros, o que lhe garantirá a subida à liderança do ranking feminino de ténis.
Sharapova a uma vitória da liderança

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A tenista russa Maria Sharapova ficou esta quarta-feira a um triunfo de regressar à liderança do “ranking” mundial, depois de se qualificar para as meias-finais do “Grand Slam” francês de Roland Garros.

Um dia depois de Roger Federer ter afastado o argentino Juan Martin del Potro, bicampeão do Estoril Open, hoje foi a vez de Sharapova eliminar a estónia Kaia Kanepi, vencedora da última edição do torneio português.

Na décima presença em Roland Garros, esta foi a terceira vez, segunda consecutiva, que Sharapova alcançou as meias-finais, mas para chegar a número um mundial terá de passar à final, o que nunca conseguiu em Paris.

Na primeira vez que se cruzou com Kanepi no circuito, Sharapova ganhou em dois “sets”, pelos parciais de 6-2 e 6-3, adiando para uma quinta tentativa a ambição da campeã do Estoril Open em chegar às meias-finais de um “Grand Slam”.

Nas meias-finais, Sharapova lutará por uma das vagas no encontro do título, e pelo regresso ao topo da hierarquia, diante a checa Petra Kvitova, a inesperada campeã de Wimbledon, o “Grand Slam” que se segue, em 2011.

Kvitova, que em três anteriores presenças em Paris nunca tinha feito melhor que os oitavos de final, acabou com o sonho da cazaque Yaroslava Shvedova, que ficou a uma ronda de entrar na história de Roland Garros.

Shvedova, que afastou nos oitavos de final a campeã de 2011, a chinesa Na Li, ficou a uma ronda de se tornar na primeira jogadora proveniente do torneio de qualificação a apurar-se para as meias-finais de Roland Garros.

Mesmo assim, Shvedova, que mesmo assim se tornou na primeira “qualifier” a eliminar uma campeã em título de um “Grand Slam”, ainda resistiu até ao terceiro “set”, acabando por ceder a Kvitova pelos parciais de 3-6, 6-2 e 6-4.

Nas meias-finais, Sharapova e Kvitova vão defrontar-se pela sexta vez no circuito. A russa leva vantagem (3-2) nos confrontos diretos, tendo ganho os dois últimos embates, já este ano e também em meias-finais: no primeiro “Grand Slam” da época, o Open da Austrália, e em Estugarda.