Ténis/Taça Davis

08-04-2013 00:14

Djokovic coloca Sérvia nas "meias", Berlocq herói argentino

Na próxima ronda, a Sérvia vai defrontar o Canadá ou a Itália (os canadianos lideram por 2-1).
Djokovic coloca Sérvia nas

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O sérvio Novak Djokovic garantiu domingo à Sérvia o apuramento para as meias-finais do Grupo Mundial da Taça Davis em ténis, ao bater o norte-americano Sam Querrey, no quarto encontro da eliminatória.

A vencer por 2-1, em Boise, os forasteiros só precisavam de um triunfo nos singulares deste domingo e o líder do “ranking” mundial não falhou, derrotando o anfitrião, 20.º da hierarquia, em quatro “sets”, por 7-5, 6-7 (4-7), 6-1 e 6-0.

Na próxima ronda, a Sérvia, que embalou sábado para o apuramento com a vitória na variante de pares, face aos irmãos Mike e Bob Bryan, líderes do respetivo ranking, vai defrontar o Canadá ou a Itália (os canadianos lideram por 2-1).

A outra meia-final, entre 13 e 15 de setembro, já é conhecida e está marcada para solo “albi-celeste”, depois de a Argentina bater a França na “negra” (3-2) e de o detentor do título, a República Checa, conseguir o terceiro ponto no Cazaquistão (3-1).

O grande herói argentino foi o desconhecido Carlos Berlocq, 71.º jogador mundial, que, no jogo decisivo, superou o francês Gilles Simon, 13.º, por 6-4, 5-7, 6-4 e 6-4.

Berlocq conseguiu surpreender, depois do galês Jo-Wilfried Tsonga ter igualado o confronto a dois, ao arrasar o argentino Juan Monaco por 6-2, 6-3 e 6-0, em uma hora e 42 minutos.

Por seu lado, e em Astana, Lukas Rasol, 63.º da hierarquia, foi o responsável pelo terceiro ponto checo, ao vencer o resistente Evgeny Karolev, 187.º, que só caiu após três horas e 34 minutos, por 7-6 (7-5), 6-7 (2-7), 7-6 (7-5) e 6-2.

A Argentina e a República Checa já se encontraram três vezes na Taça Davis, com os europeus a venceram os dois últimos embates, em 2009 e 2012, após o triunfo inicial dos sul-americanos, em 2005.


Conteúdo publicado por Sportinforma com Lusa