Ténis

16-08-2016 09:05

Serena Williams falha Cincinnati e pode perder a 'coroa' de líder do WTA

A ausência de Williams pode abrir as portas da liderança do ‘ranking’ mundial à alemã Angelique Kerber.
Serena Williams no Wimbledon 2016

Serena Williams falha Cincinnati e pode perder a 'coroa' de líder do WTA

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A norte-americana Serena Williams, número um mundial, anunciou na segunda-feira que será forçada a abdicar do torneio de Cincinatti, nos Estados Unidos, devido a uma lesão num ombro.

Eliminada prematuramente na terceira ronda do torneio olímpico dos JogosRio2016, pela ucraniana Elina Svitolina, 19.ª da hierarquia, Williams justificou agora a ausência em Cincinatti por “uma inflamação muscular nas costas”, que lhe “condiciona os movimentos”.

“Estou bastante desiludida, sobretudo porque tinha como um dos grandes objetivos da temporada revalidar o título em Cincinnati. Agora, quero regressar aos ‘courts’ o mais rápido possível”, escreveu a líder do circuito numa nota distribuída pela organização do torneio norte-americano.

A ausência de Williams, que venceu as duas últimas edições do torneio de Cincinnati, pode abrir as portas da liderança do ‘ranking’ mundial à alemã Angelique Kerber.

Neste momento, Kerber ocupa a segunda posição da tabela mundial, a 1.575 pontos da norte-americana. Se vencer em Cincinnati, ‘destrona’ Serena Williams, no comando do WTA Tour desde fevereiro de 2013.

No quadro feminino, Serena Williams, será substituída pela japonesa Misaki Doi, 28.ª da classificação mundial.

Isenta da primeira ronda, beneficiando dessa ‘benesse’ de Serena Williams, a nipónica vai cruzar-se na segunda eliminatória com a vencedora do confronto entre a chinesa Zheng Saisai, 62.ª do circuito, e a norte-americana Christina McHale, 59.ª.

Conteúdo publicado por Sportinforma