Ténis

22-08-2016 09:11

Pedro Sousa reforça terceiro lugar entre portugueses

João Sousa e Gastão Elias mantiveram o 36º e o 61º lugares no ranking ATP.
Challenger ATP tennis tournament in Poznan
Foto: Lusa

Pedro Sousa subiu para o lugar 212 no ranking mundial

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O tenista português Pedro Sousa, um dos convocados para a seleção das ‘quinas’ para a Taça Davis, reforçou hoje o estatuto de número três português, ao subir três lugares no ‘ranking’ mundial, ficando mais perto dos 200 melhores.

Na lista publicada hoje pelo circuito profissional, Pedro Sousa surge na posição 212, ainda longe dos dois melhores portugueses, João Sousa, que continua em 36.º, e Gastão Elias, que permanece em 61.º.

Frederico Silva, o outro elemento do quarteto selecionado por Nuno Marques para a próxima eliminatória de Portugal para a Taça Davis, também continua fixado no lugar 252.

Portugal vai defrontar a Eslovénia no ‘play-off’ de permanência no Grupo 1 da Zona Europa/África da Taça Davis, num confronto marcado para Viana do Castelo, entre 16 a 18 de setembro.

O sérvio Novak Djokovic continua confortavelmente instalado no topo da lista, com uma margem de 5.535 pontos sobre o britânico Andy Murray, que se sagrou bicampeão olímpico nos Jogos Rio2016, que terminaram no domingo.

Na elite do ‘top 10’ o maior protagonista foi o croata Marin Cilic, que reentrou no grupo restrito dos dez melhores do mundo depois de bater precisamente Murray na final do torneio de Cincinnati, uma das provas que prepara o Open dos Estados Unidos, quarto e último ‘Grand Slam’ da temporada, que começa a 29 de agosto.

Com a vitória em Cincinnati, Cilic ‘saltou’ para o nono posto da hierarquia, ficando a apenas uma posição de igualar a sua melhor classificação de sempre.

Em femininos, Serena Williams continua a ver a sua liderança ameaçada pela alemã Angelike Kerber, que praticamente se ‘colou’ à norte-americana depois de ter chegado à final de Cincinnati (derrotada pela checa Karolina Pliskova, que subiu para 11.ª).

Na entrada para o último terço da época, Serena Williams segura o comando no ‘ranking’ por escassos 190 pontos de diferença.

A portuguesa Michel Larcher de Brito, que disputou o último torneio na segunda semana de agosto, passando apenas uma ronda no ITF (segundo escalão) de Landisville, Estados Unidos, subiu, mesmo assim, três lugares na classificação mundial, aparecendo hoje na posição 239.

Conteúdo publicado por Sportinforma