Ténis/US Open

02-09-2016 10:10

Serena Williams iguala recorde de vitórias em encontros nos 'Grand Slam'

Serena Williams procura ainda fazer mais história, uma vez que pode somar o sétimo título no US Open e o 23.º troféu de um ‘Grand Slam’.
Serena Williams no US Open 2016
Foto: Lusa

Serena Williams no US Open 2016

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A tenista norte-americana Serena Williams igualou na quinta-feira o recorde de triunfos em encontros de torneios do ‘Grand Slam’, ao garantir a qualificação para a terceira ronda do Open dos Estados Unidos.

Com um duplo 6-3 sobre a norte-americana Vania King, 87.ª da hierarquia, a número um mundial somou a sua 306.ª vitória em ‘majors’ e igualou a compatriota Martina Navratilova.

Em Nova Iorque, além de se poder tornar na mais vitoriosa tenista, em caso de se qualificar para a quarta ronda, Serena Williams procura ainda fazer mais história, uma vez que pode somar o sétimo título no US Open e o 23.º troféu de um ‘Grand Slam’, o que seriam dois recordes da ‘Era Open’.

O próximo obstáculo para a norte-americana será a sueca Johanna Larsson, 47.ª do ‘ranking’ mundial.

Num dia afetado pela chuva, o argentino Juan Martin del Potro, medalha de prata nos Jogos Olímpicos Rio2016, continua a mostrar ter recuperado dos problemas no pulso que o afastaram praticamente de competição nos últimos anos.

Vencedor em Nova Iorque em 2009, Del Potro, convidado pela organização, eliminou o norte-americano Steve Johnson, 19.º pré-designado, por 7-6 (7-5), 6-3, 6-2.

Num dia afetado pela chuva e em que apenas no Arthur Ashe Stadium se cumpriu o programa a tempo e horas, graças ao teto amovível, o japonês Kei Nishikori, o suíço Stan Wawrinka e o austríaco Dominic Thiem garantiram o apuramento.

Pela segunda vez na terceira ronda em Flushing Meadows está o português João Sousa, que derrotou o espanhol Feliciano López, 16.º cabeça de série, por 6-2, 6-4, 1-6, 7-5.

Na próxima ronda, o vimaranense vai defrontar o búlgaro Grigor Dimitrov, 22.º pré-designado, que afastou o francês Jeremy Chardy, por 4-6, 6-4, 3-6, 6-4, 6-2.

No quadro feminino também não houve surpresas, com a polaca Agnieszka Radwanska, a romena Simona Halep e a norte-americana Venus Williams a seguirem em frente.

Conteúdo publicado por Sportinforma