Ténis

14-09-2016 19:45

Taça Davis: 'Capitão' esloveno acredita numa surpresa frente a Portugal

O ‘play-off’ de manutenção do Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis em ténis, que vai opor Portugal à Eslovénia, decorre entre sexta-feira e domingo, no Clube de Ténis de Viana.
(Arquivo) Tenis
Foto: Lusa

Taça Davis: 'Capitão' esloveno acredita numa surpresa frente a Portugal

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador esloveno Blaz Trupej acredita que a sua equipa pode alcançar “uma grande surpresa” frente a Portugal, no play-off’ de manutenção do Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis em ténis, em Viana do Castelo.

“Temos os nossos melhores jogadores connosco, embora seja uma equipa totalmente diferente daquela que tínhamos há dois anos. Acho que a história vai ser diferente do que aconteceu há dois anos, mas vamos fazer o possível para alcançar uma grande surpresa”, começou por dizer o ‘capitão’ esloveno.

Trupej desvalorizou as ausências dos seus principais jogadores para a eliminatória com Portugal, mas reconheceu que, comparando apenas “ranking e experiência”, Portugal é favorito “80 para 20 por cento”.

“Sabíamos que ia ser em terra em Portugal. A maioria dos nossos jogadores está habituada, mas as condições são lentas e mais frias e húmidas do que esperávamos, mas acho que não vão influenciar”, analisou.

Também Grega Zemlja, o número um nacional, frisou o trabalho de adaptação que os eslovenos estão a realizar no Clube de Ténis de Viana.

“Tudo está a correr como esperado, estamos a treinar duro e vamos tentar adaptar-nos às condições os mais rapidamente possível. Tem chovido, mas tudo está ok e até sexta estaremos a 100 por cento para lutar por cada ponto, jogo, ‘set’ e encontro. Esperamos que o resultado caia para o nosso lado, mas Portugal é claramente favorito”, admitiu o 158.º jogador mundial, indicando que tem tido problemas de saúde nos últimos dias.

A seleção portuguesa, capitaneada por Nuno Marques, é composta por João Sousa (34.º do ‘ranking’ ATP), Gastão Elias (61.º), Pedro Sousa (208.º) e João Domingues (388.º).

A formação eslovena, orientada por Blaz Trupej, é integrada por Grega Zemlja (158.º), Tomislav Ternar (758.º), Tom Kocevar-Desman (822.º) e Sven Lah (1.542.º).

Conteúdo publicado por Sportinforma