Ténis

27-04-2017 10:24

Bouchard arrasa Sharapova: "É uma batoteira"

Sharapova utilizava há anos meldonium, uma substância que antes era permitida, mas que foi reclassificada pela Agência Mundial Antidopagem no início de 2016.
Maria Sharapova
Foto: DR

Maria Sharapova, tenista russa

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A tenista canadiana Eugenie Bouchard não gostou de ver Maria Sharapova regressar à competição, 15 meses depois de o Tribunal Arbitral do Desporto ter castigo a russa por consumo de meldonium.

“É uma batoteira e penso que um batoteiro, seja em que desporto for, não deve voltar a praticar esse desporto. Penso que está errado, e não posso dizer que ela seja um exemplo para mim. É injusto para todos os outros atletas que fazem as coisas de forma correta e que são verdadeiros, disse Bouchard, em declarações à TRT World.

Maria Sharapova é uma figura do ténis mundial há mais de uma década, tendo chegado a número um do 'ranking' aos 18 anos. Tem, como melhores resultados, cinco vitórias em torneios de Grand Slam.

Um rude golpe na carreira foi a suspensão de dois anos aplicada pela ITF, depois de um controlo positivo. o castigo viria a ser reduzido para 15 meses pelo Tribunal Arbitral do Desporto, que considerou que neste caso não havia dolo.

Sharapova utilizava há anos meldonium, uma substância que antes era permitida, mas que foi reclassificada pela Agência Mundial Antidopagem no início de 2016. Passou a proibida, quando se constatou a conexão entre o seu consumo e os resultados desportivos obtidos, em vários casos.

Vários desportistas russos não conferiram devidamente as alterações da listagem de substãncias proibidas em 2016 - foi assumidamente o caso da tenista, que continuou a consumir meldonium sem, alegadamente, saber que não era permitido.

Conteúdo publicado por Sportinforma