Ténis

09-06-2017 21:30

Aqui está a final de Roland Garros: Wawrinka vs Nadal

Open de França já sabe o derradeiro jogo para decidir o campeão.
Rafa Nadal, tenista espanhol

Rafa Nadal, tenista espanhol

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O tenista suíço Stanislas Wawrinka, número três do 'ranking' mundial ATP, e o espanhol Rafael Nadal, quarto da hierarquia, vão disputar no domingo a final de Roland Garros, em Paris, após meias-finais com diferentes graus de dificuldade.

Campeão em 2015, Wawrinka bateu o número um do mundo, o escocês Andy Murray, em cinco 'sets', pelos parciais de 6-7 (6-8), 6-3, 5-7, 7-6 (7-3) e 6-1, em longas quatro horas e 34 minutos.

Nadal, que procura o 10.º título em Roland Garros, teve missão bem mais facilitada frente ao austríaco Dominic Thiem, sétimo do circuito, que eliminou em três 'sets' sem resposta, pelos parciais de 6-3, 6-4 e 6-0, em duas horas e sete minutos.

Num jogo muito equilibrado, Wawrinka desfez as dúvidas no quinto e decisivo jogo: mais confiante, quebrou o serviço de Murray, finalista em 2016, para fazer o 3-0, ampliando depois para 5-0 e fechando com concludente 6-1.

Este foi o 18.º confronto entre Murray e Wawrinka, com o suíço a somar a oitava vitória sobre o britânico.

Nadal teve missão mais fácil do que esperava, uma vez que Thiem, que tinha afastado Novak Djokovic, começou por quebrar o seu serviço, mas o antigo líder do 'ranking' mundial reagiu de imediato e repetiu a dose no quarto jogo, passando para 3-1 rumo a triunfo sossegado no primeiro parcial.

No segundo 'set' quebrou o serviço ao terceiro jogo e fechou em 6-4, resolvendo o terceiro encontro com concludente 6-0.

Wawrinka, de 23 anos, e Nadal, de 31, enfrentaram-se até hoje por 18 vezes, com 15 vitórias para o espanhol e apenas três para o suíço, que, no entanto, venceu todas as três finais de 'Grand Slam' que disputou na carreira.

No único embate entre ambos em Roland Garros, em 2013, Rafael Nadal impôs-se por tranquilo 3-0, com parciais de 6-2, 6-3 e 6-1.

Conteúdo publicado por Sportinforma