Ténis

13-06-2017 16:45

Gaspar Murta: "Tomei o pequeno-almoço e algo não me caiu bem"

Tenista português recusa 'culpar' problemas físicos pela derrota
André Gaspar Murta, tenista português
Foto: DR

André Gaspar Murta, tenista português

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O tenista português André Gaspar Murta admitiu hoje que teve uma indisposição durante o encontro da primeira ronda do Lisboa Belém Open, mas negou que os problemas físicos tenham pesado na derrota com o espanhol Roberto Carballés Baena.

“Começou por ser um dia normal, mas tomei o pequeno-almoço e algo não me caiu bem. No final, comecei a sentir-me zonzo, dores de cabeça, dores de estômago. Não foi nada, mas tirou-me energia. Foi alguma coisa que comi. Perguntei se havia algo para tomar e não havia”, revelou o ‘wild card’ português, depois de perder por 5-7, 6-2 e 6-2 com o sexto cabeça de série.

Murta, 563.º tenista mundial, considerou que jogou bem o primeiro ‘set, mas que baixou a qualidade nos dois seguintes.

“Independentemente da saúde, penso que joguei pior nos dois parciais. Estava preparado para ganhar, tive pena de não conseguir manter o nível nos dois ‘sets’ seguintes”, assumiu.

O tenista português mostrou-se satisfeito por estar de volta ao seu melhor nível, depois de ter partido o pulso.

“Essa lesão tirou-me muitos meses. Quando voltei, não estava em condições. Agora, os problemas estão todos resolvidos. Tenho-me vindo a sentir bem”, concluiu.

Conteúdo publicado por Sportinforma