Lisboa Belém Open

15-06-2017 16:22

João Domingues deu-se mal em ‘court' lento

O número quatro português deixa assim a sorte lusa no Lisboa Belém Open entregue em exclusivo a Pedro Sousa.
João Domingues apurou-se para a segunda ronda do Lisboa Belém Open
Foto: Inês Grosso Cruz/Raquetc 2017

João Domingues, tenista português

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O tenista português João Domingues deu-se mal com o ‘court’ demasiado lento do Club Internacional de Foot-Ball, sendo afastado na segunda ronda do Lisboa Belém Open pelo húngaro Attila Balazs.

Em evidência nas últimas semanas, o tenista português pagou caro os muitos erros cometidos, perdendo por 6-4 e 6-2, em uma hora e 14 minutos.

Tal como aconteceu com Gastão Elias na primeira ronda, o número quatro nacional não se adaptou ao ‘court’ demasiado lento do estádio CIF – as paragens para tapar buracos foram uma constante – e não teve força para contrariar o jogo ofensivo de Attila Balazs.

A baixa estatura do mais recente campeão ‘challenger’ português prejudicou-o na hora de responder às bolas altas do húngaro, que quebrou o serviço do 180.º jogador mundial no 10.º jogo do primeiro ‘set’, para vencê-lo por 6-4.

A poucas semanas de se estrear na fase de qualificação de um ‘Grand Slam’, em Wimbledon, Domingues debateu-se com o excesso de terra batida e as pancadas pesadas do 205.º classificado da hierarquia ATP, perdendo os seus dois primeiros jogos de serviço do segundo parcial.

O jogador de Oliveira de Azeméis, que esteve demasiado errático, ainda esboçou uma reação, devolvendo um dos ‘breaks’ para deixar o marcador a 1-4, mas foi novamente quebrado no oitavo jogo, ‘oferecendo’ um triunfo fácil a Balazs.

A série de bons resultados de Domingues, o mais em forma dos tenistas nacionais nas últimas semanas, terminou na segunda ronda do único ‘challenger’ português, com o número quatro português a deixar a sorte lusa no Lisboa Belém Open entregue em exclusivo a Pedro Sousa.

Conteúdo publicado por Sportinforma