Lisboa Belém Open

16-06-2017 20:03

Ténis: Pedro Sousa desperdiça e deixa ‘challenger’ sem portugueses

Depois da reviravolta incrível na ronda anterior, o 154.º do circuito mundial não foi capaz de contrariar a resistência física e as pancadas do italiano Gianluigi Quinzi.
Pedro Sousa
Foto: MÁRIO CRUZ / LUSA

Depois da reviravolta incrível na ronda anterior, o 154.º do circuito mundial não foi capaz de contrariar a resistência física e as pancadas do italiano Gianluigi Quinzi.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O tenista português Pedro Sousa falhou hoje o acesso às meias-finais do Lisboa Belém Open, ao perder diante do italiano Gianluigi Quinzi, por 6-3, 6-7 (5-7) e 6-2), deixando o ‘challenger' da capital sem atletas lusos em singulares.

Depois da reviravolta incrível na ronda anterior diante do argentino Federico Coria, que bateu por 2-6, 7-6 (7-5) e 6-0, o 154.º do circuito mundial não foi capaz de contrariar a resistência física e as pancadas do italiano, ao desperdiçar as inúmeras oportunidades para se superiorizar.

Perante a dificuldade acrescida, com os atletas a enfrentarem temperaturas elevadas e um sol muito quente no principal ‘court' de terra batida do CIF, o tenista luso mostrou-se, ainda assim, mais adaptado às condições e conseguiu um ‘break' logo no quarto jogo, imediatamente a seguir a uma curta paragem para que o italiano fosse assistido no pé esquerdo.

A liderar por 4-1 no primeiro parcial, Pedro Sousa viu Quinzi andar sempre atrás do resultado, conseguindo estar a apenas um jogo de empatar, depois de algum relaxamento do português, que viria a acelerar o seu ténis e a fechar o primeiro ‘set', por 6-3.

O segundo ‘set' começou de feição ao único tenista luso em prova, que estava decidido e resolver o encontro rapidamente, tendo feito o ‘break' logo no primeiro jogo de serviço do italiano.

O sétimo cabeça de série do ‘challenger' lisboeta voltou a liderar com dois parciais de vantagem, porém o número 263 do ranking conseguiu resgatar o seu melhor ténis, ao fazer um ‘contra-break' ao português e a levar o encontro para uma terceira e decisiva partida.

O italiano voltou a ressentir-se do problema físico no pé e pediu, novamente, assistência antes de Pedro Sousa começar a servir. Nesta altura, ao contrário no que aconteceu nos dois primeiros parciais, foi o português a desperdiçar várias ocasiões para passar para o comando da partida.

Sousa ainda conseguiu responder ao ‘break' de Quinzi, mas quando todos pensariam que o tenista luso voltaria ao jogo, o italiano fez o ‘contra-break' e carimbou o acesso às meias finais.

Conteúdo publicado por Sportinforma