Lisboa Belém Open

17-06-2017 21:35

Ténis: Dupla portuguesa perde na final de pares

No domingo, o nipónico e o alemão Oscar Otte disputam a final da primeira edição do Lisboa Belém Open, no Clube Internacional de Foot-Ball (CIF).
(Arquivo) Tenis
Foto: Lusa

No domingo, o nipónico e o alemão Oscar Otte disputam a final da primeira edição do Lisboa Belém Open, no Clube Internacional de Foot-Ball (CIF).

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A dupla portuguesa Frederico Gil e Gonçalo Oliveira perdeu hoje a final de pares do Lisboa Belém Open em ténis, diante do sul-africano Ruan Roelofse e do indonésio Christopher Rungkat, pelos parciais 7-6 (9-7) e 6-1.

Em mais uma jornada de intenso calor – acima dos 30 graus - no ‘court' central do CIF, em Lisboa, a dupla lusa até entrou melhor e teve à mercê quatro ‘set points', mas os adversários apresentaram mais argumentos, tiveram a capacidade para dar a volta, levando o primeiro parcial para ‘tie break' e vencendo-o.

O segundo ‘set' foi desastroso para os portugueses, ao acusarem alguma falta de entrosamento entres ambos, algo que foi bem aproveitado pela dupla campeã, depois de uma hora e 12 minutos de encontro.

Relativamente aos singulares e na primeira meia-final do dia, o germânico Oscar Otte, número 215 do ranking ATP, ainda passou por dificuldades num primeiro parcial muito equilibrado diante do Húngaro Attilla Ballazs, mas desfez as dúvidas no segundo ‘set' e apurou-se para a final, ao vencer por 7-6 (7-3) e 6-2.

Na outra ‘meia', o mais bem cotado tenista ainda presente no ‘challenger' lisboeta, o japonês Taro Daniel, deparou-se com o bom nível de ténis apresentado pelo ‘carrasco' de Pedro Sousa nos ‘quartos', Gianluigi Quinzi, triunfando apenas no ‘tie break' nos dois parciais, por 7-6 (7-5) e 7-6 (7-5), ao fim de duas horas.

Conteúdo publicado por Sportinforma