Vela / Angola

31-01-2017 14:15

Embarcação angolana Mussulo 40 no topo do pódio

A cerimónia ocorreu na noite de sexta-feira, 27 de janeiro, no Iate Clube do Rio de Janeiro.
Mussulo 40

Os tripulantes da embarcação Mussulo 40 receberam o prémio pela primeira posição alcançada na regata Cape2Rio 2017.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

Numa noite memorável para o desporto náutico angolano, o comandante José Guilherme Caldas e o skipper brasileiro Leonardo Chicourel, os tripulantes da embarcação Mussulo 40 chegaram ao topo do pódio para receberem o prémio pela primeira posição alcançada na regata Cape2Rio 2017. A cerimónia ocorreu na noite de sexta-feira, 27 de janeiro, no Iate Clube do Rio de Janeiro.

Além de conquistar o primeiro lugar, a dupla bateu o record anterior, tendo finalizado a travessia em 16 dias, 14 horas, 22 minutos e 12 segundos. O feito da equipa angolana deitou por terra o anterior tempo de 17 dias, 20 horas e 43 minutos, alcançado pela embarcação Privateer em 2014.

“Tivemos um grande desempenho que se refletiu no resultado. Foi a nossa primeira travessia em Double Hand e esperamos participar de mais provas nesta modalidade. O barco estava muito bem preparado para a regata e isso fez toda a diferença. Os treinos feitos ao longo do tempo no Brasil, Uruguai e Caribe foram essenciais para mantermos um alto desempenho desde a partida, no dia 1 de janeiro, sempre a disputar os primeiros lugares, mesmo a competir com barcos maiores e com mais tripulantes a competirem”, diz José Guilherme Caldas, comandante do Mussulo 40.

Conteúdo publicado por Sportinforma