Vela

28-03-2017 19:30

Dupla portuguesa foi exceção em jornada negativa

Diogo Costa e Pedro Costa foram as exceções numa jornada negativa no Troféu Princesa Sofia
Vela Geral
Foto: STR / AFP

Prova decorre em Maiorca, Espanha

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Os velejadores Diogo Costa e Pedro Costa (CWDS/BBDouro) subiram hoje três posições para o 15.º lugar da classe 470 no segundo dia do Troféu Princesa Sofia, na única tripulação portuguesa com bom desempenho em Maiorca, Espanha.

Com um sétimo e um sexto lugares em prova com 56 tripulações, os lusos somam agora 22 pontos, enquanto a dupla russa Pavel Sozykin/Denis Gribanov domina com apenas cinco pontos.

No setor feminino da classe 470, Mafalda Pires de Lima e Mariana Lobato (Clube de Vela Atlântico/Clube Naval de Cascais) caíram nove posições para 30.ª entre 43 tripulações, depois de um 12.º e um 18.º: somam 35 pontos em competição comandada pelas holandesas Afrodite Zegers e Anneloes van Veen, com seis.

Em Laser Standard, Eduardo Marques (Clube Naval de Cascais) baixou nove lugares para 32.º (21.º e 13.º nas duas mangas), enquanto Rui Silveira (Clube Naval da Horta) baixou quatro para 44.º (10.º e 18.º) e Santiago Sampaio (Clube Naval de Cascais) caiu 12 postos para 61.º (9.º e 26.º) em disputa de 134 competidores controlada pelo sul-coreano Jeemin Ha, com apenas quatro pontos.

Na prova de Laser Radial, Carolina João (Sport Algés e Dafundo) perdeu uma posição para 48.ª (35.º e 12.º) entre 84 tripulações, somando 60 pontos face aos quatro da holandesa Maxime Jonker, primeira.

Na classe RS:X, Frederico Rodrigues (Centro Treino Mar) confirmou a má jornada lusa e baixou 10 posições para 91.º entre 96 competidores (36.º e 43.º), totalizando 115 pontos face aos cinco do polaco Pawel Tarnowski, que comanda.

Conteúdo publicado por Sportinforma