Moto GP

30-04-2010 07:55

Tudo a postos para o GP de Espanha

Depois do adiamento do GP do Japão,o Campeonato do Mundo de MotoGP regressa à acção este fim-de-semana em Jerez de la Frontera, com o Grande Prémio de Espanha.
Tudo a postos para o GP de Espanha

Por Bruno Miguel Dias sapodesporto@sapo.pt

Depois da primeira vitória da época no Qatar,Valentino Rossi chega a Jerez na frente da classificação. Rossi já venceu em Jerez por seis vezes na categoria rainha, mas não tem a certeza se vai repetir o feito neste fim-de-semana depois de se ter magoado no ombro num acidente de motocross sofrido na semana seguinte ao Qatar.

"Infelizmente o ombro ainda é um problema e tenho algumas dores,” disse Rossi durante a conferência de imprensa de pré-evento.

“Normalmente esta lesão leva três a quatro semanas a sarar e ainda só passaram duas, pelo que preciso de mais sete dias para estar a 100% outra vez. Tive muita sorte por Motegi ter sido adiado, já que tive mais uma semana para trabalhar o ombro e isso fez com que melhorasse muito, mas só vou saber quanto amanhã.”

Fã incondicional do traçado espanhol, Rossi vai ter pela frente a armada espanhola que joga em casa: Jorge Lorenzo, seu colega de equipa, e Dani Pedrosa são alguns dos nomes a ter em atenção.

"A semana extra fez com que esteja muito melhor da mão agora e é bom estar aqui em Jerez,” afirmou Lorenzo, acrescentando que “esta corrida é muito especial para os pilotos espanhóis, se bem que não consegui grandes resultados aqui no MotoGP. Espero que as coisas mudem este ano."

Já Dani Pedrosa, piloto da Repsol Honda não esconde que correr em Espanha é diferente:

“Jerez é uma corrida especial para os espanhóis e para os pilotos da casa. Tenho de aproveitar esta energia e dar o máximo, mesmo se as coisas não estiverem perfeitas com a moto, e manter a concentração na corrida e conseguir tempos rápidos por volta”, declarou.

A primeira sessão de treinos do Grande Prémio de Espanha, na categoria de MotoGP, tem início pelas 13h55 locais desta sexta-feira.