WTCC

25-06-2017 18:17

Autarca de Vila Real garante WTCC ou prova semelhante no próximo ano

A prova rainha do 47.º Circuito Internacional de Vila Real, que termina hoje, foi de novo o WTCC, que se estreou na cidade transmontana em 2015.
WTCC. Circuito de Vila Real
Foto: Lusa

WTCC. Circuito de Vila Real

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, garantiu hoje que, se for reeleito em outubro, o circuito internacional é para continuar com o Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC) ou uma prova semelhante.

“Hoje posso dizer garantidamente que, se tiver responsabilidades no futuro, assumirei esse compromisso”, afirmou o autarca socialista aos jornalistas após a primeira corrida do WTCC, em que o português Tiago Monteiro (Honda Civic) ficou em segundo lugar.

O presidente especificou que, se for reeleito nas autárquicas de 01 de outubro, “haverá com certeza WTCC em Vila Real ou algo que o venha a substituir de igual dimensão”.

O regresso das corridas automóveis a Vila Real foi uma promessa de campanha de Rui Santos, o primeiro presidente a ser eleito pelo PS na capital do distrito.

“Fiz mais do que aquilo que prometi. Trouxemos não só o circuito, como imediatamente no ano a seguir trouxemos o WTCC e a Taça da Europa de Carros de Turismo (ETCC).

Rui Santos recandidata-se a um segundo mandato à frente da autarquia transmontana.

A prova rainha do 47.º Circuito Internacional de Vila Real, que termina hoje, foi de novo o WTCC, que se estreou na cidade transmontana em 2015.

A realização do WTCC em Vila Real estava garantida até 2017, o que aconteceu depois de a Câmara do Porto ter decidido suspender a realização do Circuito da Boavista.

As primeiras corridas no Circuito de Vila Real, criado por Aureliano Barrigas, realizaram-se em 1931 e foram incluídas no programa das festas da cidade.

Durante várias décadas, milhares de pessoas visitavam anualmente Vila Real para assistir às corridas de automóveis, que se tornaram um dos "maiores eventos de Trás-os-Montes e Alto Douro" até terminarem em 1991, depois da sucessão de vários acidentes graves.

O anterior executivo de Manuel Martins (PSD) retomou o circuito em 2007, com uma pista mais reduzida, mas o evento só se realizou até 2010 e, depois, de novo em 2014 pela iniciativa da equipa do autarca socialista Rui Santos.

A organização do evento envolve a autarquia local, o Clube Automóvel de Vila Real e a Associação Promotora do Circuito Internacional de Vila Real.

Conteúdo publicado por Sportinforma