Fórmula 1

14-11-2014 15:47

Caterham diz que vai participar no GP do Abu Dhabi

Escudeira do Reino Unido está sob gestão de insolvência.
Kamui Kobayashi
Foto: PATRIK STOLLARZ

Kamui Kobayashi, piloto japonês da Caterham no GP da Alemanha em Fórmula 1

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A escuderia de Fórmula 1 Caterham, sob gestão de insolvência, vai participar no último Grande Prémio da época 2014, no Abu Dhabi, depois de ter reunido verbas entre os adeptos, anunciou hoje o administrador provisório.

"A Caterham F1 Team está radiante por poder anunciar a novidade: graças ao apoio dos fãs que ajudaram a equipa a encontrar dinheiro suficiente para que isto seja possível, graças à Crowdcube", explicou o administrador Finbarr O'Connell, citado num comunicado da plataforma de investimento participativo.

Desconhece-se, por enquanto, quem serão os pilotos escalados pela Caterham para Abu Dhabi - uma corrida na qual a pontuação será a dobrar e que decidirá o campeão do Mundo 2014. O sueco Marcus Ericsson, que será titular na Sauber em 2015, já anunciou que o seu percurso na Caterham chegou ao fim.

A Caterham lançou na sexta-feira passada um apelo aos adeptos para recolher fundos e, até às 14:00 de hoje, já tinha recolhido 1,8 milhões de libras esterlinas (2,2 milhões de euros), ou seja 80 por cento dos 2,3 milhões de libras (2,9 milhões de euros) que a equipa tem de angariar até à noite de hoje.

A escuderia anglo-malaia, atualmente em processo de insolvência, anunciou que não correria nos Grandes Prémios dos Estados Unidos e do Brasil, devido a dificuldades de tesouraria e a um conflito entre o seu ex-proprietário, o homem de negócios malaio Tony Fernandes, e o investidor desconhecido que comprou a equipa em junho.

Conteúdo publicado por Sportinforma