Fórmula 1

21-05-2015 19:44

Bianchi "está a bater-se com as armas que tem" para manter-se vivo

O jovem, de 25 anos, ficou gravemente ferido na sequência de um acidente no Grande Prémio do Japão de Fórmula 1, disputado em condições climatéricas muito adversas.
Jules Biancghi, piloto da Marussia, sofreu lesão grave num acidente no Japão
Foto: SAPO Desporto

Jules Biancghi, piloto da Marussia, sofreu lesão grave num acidente no Japão

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Jules Bianchi “continua vivo” e “seguramente a bater-se” pela vida, assegurou hoje o pai do piloto francês, em coma desde que em outubro do ano passado sofreu um grave acidente no Grande Prémio do Japão de Fórmula 1.

“Jules continua vivo, isso é o mais importante para nós. Ele está a bater-se seguramente com as armas que tem (…) isto dá-nos muita força”, disse o pai do piloto, em entrevista à cadeia de televisão francesa Canal+.

“Quando nos levantamos de manhã, pensamos na vida de Jules. Mas também na morte. É incontornável pensar na morte em face do muito que se pode passar”, acrescentou Philippe Bianchi.

O jovem, de 25 anos, ficou gravemente ferido na sequência de um acidente no Grande Prémio do Japão de Fórmula 1, disputado em condições climatéricas muito adversas.

O monolugar de Bianchi chocou contra uma grua que estava a tentar remover o carro do alemão Adrian Sutil (Sauber), em posição perigosa depois de ter perdido o controlo e embatido num muro na volta n.º 42.

O piloto francês sofreu uma “lesão axional difusa”, uma das formas mais graves de traumatismo cerebral, e permanece em coma, respirando agora sem assistência, numa unidade hospitalar de Nice.

Conteúdo publicado por Sportinforma