Fórmula 1

04-04-2017 08:55

Giovinazzi volta a render Wehrlein na Sauber para o GP da China

O italiano Antonio Giovinazzi, terceiro piloto da Sauber, vai voltar a substituir o alemão Pascal Wehrlein no Grande Prémio da China
Antonio Giovinazzi
Foto: AFP or licensors

Antonio Giovinazzi

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O italiano Antonio Giovinazzi, terceiro piloto da Sauber, vai voltar a substituir o alemão Pascal Wehrlein no Grande Prémio da China, segunda prova do Mundial de Fórmula 1, a 09 de abril, anunciou hoje a escuderia.

Giovinazzi, de 23 anos, terminou em 12.º lugar no Grande Prémio da Austrália, em Melbourne, primeira prova do Mundial, na sua estreia absoluta no ‘circo’, depois de apenas dois dias de testes com o monolugar da Sauber.

Pascal Wehrlein, de 22 anos, continua a recuperar de uma lesão nas costas, contraída em janeiro na Corrida dos Campeões, e nem sequer participou nos habituais testes de pré-época da Sauber.

Na Austrália, o jovem piloto italiano tinha ocupado o monolugar do alemão na terceira sessão de ensaios livres, depois de confirmada a indisponibilidade de Wehrlein.

“O mais importante é conseguir treinar de forma intensiva para garantir à minha equipa prestações a 100 por cento”, escreveu Wehrlein num comunicado distribuído pela Sauber.

Apesar de não excluir em absoluto o regresso ao Mundial no Grande Prémio do Bahrein, agendado para 16 de abril, o piloto germânico admitiu que, eventualmente, só regresse a 30 de abril, no Grande Prémio da Rússia.

“Esperamos que seja no Bahrein, mas, se não for o caso, teremos o tempo necessário até à Rússia para garantir que estarei completamente apto”, explicou o alemão na mesma nota.

Conteúdo publicado por Sportinforma