Moto 2

19-04-2017 11:55

Miguel Oliveira otimista, apesar do historial negativo em Austin

Miguel Oliveira ocupa a terceira posição do Mundial de pilotos, com 33 pontos.
Miguel Oliveira, piloto da KTM (Moto 2)
Foto: DR

Miguel Oliveira, piloto da KTM (Moto 2)

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O piloto português Miguel Oliveira (KTM), atual terceiro classificado na categoria de Moto2 do Mundial de motociclismo de velocidade, garantiu hoje estar confiante para a prova do próximo fim de semana no circuito das Américas, no Texas.

“Após a corrida da Argentina onde obtive o meu primeiro pódio sinto-me muito confiante para enfrentar esta nova etapa. Austin é um circuito particularmente complicado, porque não existe uma zona muito especifica onde possamos fazer a diferença com a afinação, pois o circuito é muito dividido”, afirmou Miguel Oliveira, em declarações à sua assessoria de imprensa.

Miguel Oliveira, que tem como melhor resultado no Texas um quinto lugar em Moto 3 na época de 2013, assume estar otimista para a terceira prova do Mundial.

“Estou otimista mesmo sabendo que Austin é um circuito onde tradicionalmente as coisas não me correm muito bem. Espero este ano ter a oportunidade de dar a volta e trazer para a Europa um bom resultado”, referiu.

O piloto português, que no ano passado abandonou no GP das Américas, considera que a pista norte-americana é complicada em termos de afinação das motos.

“O circuito tem travagens muito fortes onde precisamos de estabilidade, mas ao mesmo tempo precisamos igualmente de uma moto muito leve e ágil para negociar o primeiro setor e no terceiro setor é tudo muito revirado e temos muita possibilidade de afinar o 'raport' final”, disse.

Miguel Oliveira ocupa a terceira posição do Mundial de pilotos, com 33 pontos, atrás do italiano Franco Morbidelli, que lidera com 50 pontos, e do suíço Thomas Lutti, segundo classificado, com 36.

Conteúdo publicado por Sportinforma