Motores

19-11-2016 09:29

Mikkelsen mantém comando no Rali da Austrália, mas agora a dois segundos de Ogier

Norueguês mantém ainda a esperança do ‘prémio de consolação’ de encerrar a temporada como vice-campeão mundial
Andreas Mikkelsen em ação no Rali da Austrália
Foto: EPA/NIKOS MITSOURAS

Andreas Mikkelsen em ação no Rali da Austrália

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Andreas Mikkelsen (Volkswagen) ‘segurou’ hoje a liderança no Rali da Austrália, mas tem agora a apenas dois segundos o francês Sébastien Ogier, colega de equipa e que já assegurou o título de tetracampeão mundial.

Concluída a segunda etapa da 13.ª e última prova do Mundial de ralis, Mikkelsen mantém ainda a esperança do ‘prémio de consolação’ de encerrar a temporada como vice-campeão mundial, objetivo reforçado com o distanciamento para o belga Thierry Neuville (Hyundai).

Neuville, segundo classificado no Mundial, ‘caiu’ para quarto neste rali, estando agora a 33,8 segundos do norueguês.

Com as contas de Ogier ‘arrumadas’, o belga segue no segundo lugar do Mundial, com 143 pontos, mais 14 que Mikkelsen.

Na etapa de hoje, o norueguês venceu duas das sete especiais, tantas quantas Neuville, enquanto Ogier foi o mais rápido em apenas uma.

Mesmo assim, Mikkelsen não escondeu a insatisfação pela ‘concorrência’ inesperada de Ogier, que terá prometido ao colega de equipa tirar o pé do acelerador para o ajudar a encerrar a época no segundo posto.

“Sebastien [Ogier] garantiu-me antes que iria ajudar-me no objetivo de me sagrar vice-campeão mundial. Mas parece que não está a cumprir”, disse Mikkelsen no final da segunda etapa, não escondendo algum desconforto.

No domingo disputa-se a terceira e última etapa, com mais cinco especiais, no total de 58 quilómetros.

Conteúdo publicado por Sportinforma