Motores

20-01-2017 08:01

Morreu espectador envolvido em acidente no Rali de Monte Carlo

O espectador tinha sofrido um ataque cardíaco na sequência do acidente do neozelandês Hayden Paddon.
Hayden Paddon
Foto: Yann COATSALIOU / AFP

A Hyundai decidiu “retirar do rali o carro envolvido no acidente”.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O espectador que tinha sofrido um ataque cardíaco na sequência do acidente do neozelandês Hayden Paddon no Rali de Monte Carlo acabou por falecer, anunciou na quinta-feira a organização.

“O WRC gostaria de expressar sinceras condolências à família e aos amigos da vítima do trágico acidente no Rali de Monte Carlo”, começa por referir o comunicado do World Rally Championship.

Na mesma nota, o WRC explicou que o espectador em causa “foi transportado de helicóptero para o hospital e, apesar de todos os esforços da equipa médica, o espectador acabou por falecer”.

“Está em curso uma investigação sobre o incidente e as partes envolvidas prestarão todos os esclarecimentos às autoridades”, refere ainda o WRC.

A organização do rali explicou que o espectador estava a tirar fotografias quando o Hyundai de Hayden Paddon se despistou e ficou em estado grave em consequência do acidente, que aconteceu numa estrada com gelo.

Em memória deste espectador, a Hyundai decidiu “retirar do rali o carro envolvido no acidente”.

O espectador, um espanhol de 50 anos, foi imediatamente transportado para o hospital Pasteur de Nice.

Devido a este incidente, a primeira especial do Rali de Monte Carlo, primeira prova do Mundial de ralis, foi anulada pela organização.

Terceiro piloto a iniciar a especial, o neozelandês perdeu o controlo do seu Hyundai, que capotou à entrada de uma curva no último terço da especial entre Entrevaux e Ubraye e acabou imobilizado no meio da estrada.

As imagens televisivas mostraram Paddon e o seu copiloto John Kennard a sair do carro, aparentemente ilesos.

Conteúdo publicado por Sportinforma