Rali de Portugal

21-05-2017 09:00

Ogier defende liderança da prova nos últimos 43 quilómetros

O tetracampeão do mundo vai enfrentar as últimas quatro provas especiais de classificação, em Fafe (11,18 km), Luílhas (11,91 km) e Montim (8,66 km).
Sebastian Ogier
Foto: HUGO DELGADO/LUSA

Sebástian Ogier procura manter a liderança e conquistar a prova portuguesa

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta) defende este domingo a liderança da 51.ª edição do Rali de Portugal, sexta prova do Mundial, ‘presa’ por 16,8 segundos sobre o belga Thierry Neuville (Hyundai i20), nos últimos 43 quilómetros, em Fafe.

O tetracampeão do mundo vai enfrentar as últimas quatro provas especiais de classificação, em Fafe (11,18 km), Luílhas (11,91 km) e Montim (8,66 km), sendo que o primeiro, no troço da Lameirinha, encerra também o rali, com o estatuto de ‘power stage’.

Ogier vai partir à procura do quinto triunfo em Portugal, o primeiro desde que o rali voltou ao norte, e também de reforçar a sua liderança no Mundial, no qual dispõe de 16 pontos de vantagem sobre o finlandês Jari-Mati Latvala (Toyota Yaris), que ocupa o nono lugar, e 18 sobre Neuville.

O belga foi o único a acompanhar o andamento de Ogier, apesar de ter repetido a impossibilidade de reeditar os êxitos obtidos em França e na Argentina, nas últimas duas provas do campeonato.

Ainda no pódio, mas mais distante, a 51,3 segundos, está o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20), enquanto o estónio Ott Tänak (Ford Fiesta) e o irlandês Craig Breen (Citroën C3), já estão a um minuto e meio da liderança.

Já Miguel Campos (Skoda Fabia R5), que ocupa o 19.º lugar da classificação geral, a 19.05,4 minutos de Ogier, vai defender o estatuto de melhor português.

O quarto e último dia da prova comemorativa do cinquentenário tem início previsto para as 09:08, em Fafe, com o seu tradicional salto da pedra sentada, que marcará ainda o encerramento do rali, com a ‘power stage’ da 19.ª e última especial.

Conteúdo publicado por Sportinforma