Editorial

19-10-2010 15:31

Nuno “forever”

Nuno “forever”

Por Paulo M. Guerrinha sapodesporto@sapo.pt

Nuno Gomes anuncia a sua saída do Benfica e deixa no ar a ideia que pretende continuar a jogar. Resta saber onde. Nuno Gomes é, e será sempre, um dos ícones do Benfica e irá carregar para sempre essa marca. “Forever”, como já é hábito dizer nos meandros de alguns clubes.

Mas no caso de Nuno Gomes, a cruz tem sido pesada desde que Jesus chegou à Luz. Percebe-se a saída de um jogador que poderá ainda sentir forças para mostrar que pode fazer a diferença. Em campo, já não será no Benfica. Apesar da boa prestação no encontro com o Arouca Jesus já não conta com Nuno Gomes para ajudar as águias. As convocatórias sucedem-se mas Nuno Gomes não tem saído do banco.

Os cargos administrativos podem ser uma via para o futuro profissional de Nuno Gomes mas, também está provado, são vários os casos em que ex-jogadores falham no mundo directivo. Veja-se o caso de Sá Pinto, um homem que gosta e precisa da emoção de estar em campo, de sentir o cheiro da relva durante o jogo.

Quanto a Nuno Gomes, acredito que ainda tem muito a dar ao futebol. Tem sido um jogador importante e conseguiu criar uma forte ligação com os adeptos. É acarinhado por todos e, quem sabe, além do serviço nos clubes, ainda poderá dar algum contributo ao serviço da Federação Portuguesa de Futebol.

Com esta saída anunciada, e com tantas incertezas sobre o seu futuro, Nuno Gomes tem uma garantia, junto dos adeptos é um daqueles nomes que fica, “forever”.

Opinião

Editorial

Obrigado Ronaldo

A paixão que desperta, mesmo em quem desgosta do futebol, tornam Cristiano Ronaldo no único candidato possível ao título de Bola de Ouro.