Voleibol/Feminino

11-05-2017 15:34

Seleção vai "dar tudo" para garantir qualificação para o Mundial2018

António Guerra acredita que as suas jogadoras vão competir para vencer o grupo de qualificação europeia para o Campeonato do Mundo.
voleibol
Foto: DR

Selecionador nacional acredita que as suas jogadoras podem estar presentes no próximo Mundial

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador português de voleibol feminino, António Guerra, assegurou esta quinta-feira que as suas jogadoras “vão dar tudo” para vencer a ‘poule’ europeia de qualificação para o Mundial2018, a realizar em Viana do Castelo.

“Elas são muito competitivas. Tenho a certeza de que farão tudo o que está ao alcance e o que não está para que Portugal dê um excelente espetáculo”, afirmou António Guerra, que falava na apresentação do torneio, em Viana do Castelo.

Portugal vai disputar, entre 31 de maio e 04 de junho, o grupo F da segunda ronda europeia de apuramento para o Mundial2018, que integra ainda a Alemanha [nona classificada no último Mundial e quinta no Europeu2015], França, Finlândia, Eslovénia e Estónia.

“Esperamos corresponder da melhor maneira e dar uma alegria a quem nos vier acompanhar”, frisou António Guerra, convicto de que “vai ser uma excelente ‘poule’, com voleibol ao mais alto nível europeu”.

Marta Hurst, jogadora do FC Barcelona (Espanha) e sub-capitã das ‘quinas’, sublinhou a "juventude" da seleção nacional, que, no seu entender, integra atletas que "ainda podem crescer durante muito tempo".

"Vai ser um grupo extremamente competitivo, com equipas europeias muito fortes, mas estamos muito dedicadas a dar uma boa imagem do voleibol feminino", acrescentou a atacante Marta Hurst.

Presente na apresentação da prova, o presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, disse tratar-se de uma oportunidade da cidade receber “voleibol ao mais alto nível e que vai transformar o centro cultural da cidade numa verdadeira catedral da modalidade".

Os primeiros classificados de cada um dos seus grupos qualificam-se diretamente para a fase final, a realizar no Japão. Os segundos apuram-se para a terceira ronda, que será disputada em agosto e que qualifica os dois primeiros para o Mundial2018.

A seleção nacional, liderada por António Guerra e Manuel Almeida, já iniciou, no pavilhão municipal da Meadela, em Viana do Castelo, os trabalhos de preparação das participações no apuramento para o Mundial2018 e para a Liga Europeia de 2017, em junho.

Conteúdo publicado por Sportinforma