Voleibol

07-06-2017 12:48

Vice-presidente da Federação saúda regresso do Sporting à modalidade

Vicente Araújo considera que o regresso do Sporting, que espera ser extensivo ao feminino e de forma permanente, vai trazer ainda "mais visibilidade à modalidade", que tem vindo a crescer entre as disciplinas de pavilhão.
voleibol geral
Foto: DR

Vicente Araújo saúda regresso do Sporting à modalidade

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O vice-presidente da Federação Portuguesa de Voleibol (FPV) Vicente Araújo saudou hoje o regresso do Sporting, após um interregno de 22 anos, considerando que essa ‘reanimação’ vai trazer "mais visibilidade à modalidade".

"A Federação Portuguesa de Voleibol fica contente com o regresso do Sporting, clube que já foi campeão por cinco vezes [1953/54, 1955/56, 1991/92, 1992/93 e 1993/94]", referiu à agência Lusa Vicente Araújo.

Dos primeiros dois títulos conquistados pelos ‘leões’, na década de 50, um dos jogadores em destaque era Mário Moniz Pereira, já da década de 90, sob o comando do treinador António Rodrigues, a referência era Miguel Maia, que agora regressa.

O vice-presidente da FPV considera que o regresso do Sporting, que espera ser extensivo ao feminino e de forma permanente, vai trazer ainda "mais visibilidade à modalidade", que tem vindo a crescer entre as disciplinas de pavilhão.

"Saúdo o regresso e desejo êxito desportivo ao Sporting, assim como a todos os clubes participantes no campeonato da I Divisão", acrescentou Vicente Araújo, considerando saudável o interesse dos clubes grandes pelo voleibol.

O voleibol do Sporting foi extinto em 1995, na era de Pedro Santana Lopes, depois de um referendo aos sócios para salvar apenas uma modalidade. Voleibol, hóquei em patins e basquetebol foram as disciplinas preteridas, ficando o andebol.

O Sporting, para além dos cinco títulos nacionais, conquistou ainda três Taças de Portugal, em 1990/91, 1992/93 e 1994/95, e três Supertaças, em 190/91, 1991/92 e 1992/93.

Conteúdo publicado por Sportinforma