Voleibol

18-06-2017 20:19

Portugal fecha participação na Liga Europeia de voleibol feminino com nova derrota

A Espanha venceu o grupo e qualificou-se para a fase final.
Portugal vence Suécia na Liga Europeia de voleibol feminino
Foto: EPA/KIYOSHI OTA

Portugal fecha participação na Liga Europeia de voleibol feminino com nova derrota

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Portugal fechou hoje a sua participação na Liga Europeia de voleibol feminino com uma derrota por 3-0 (25-13, 25-20 e 25-20) frente à Espanha, na terceira e última jornada do grupo C, que teve lugar em Matosinhos.

A Espanha venceu o grupo e qualificou-se para a fase final, a Eslováquia ficou no segundo posto, Portugal terminou no lugar imediato, com duas vitórias, diante da Suécia, que foi a quarta e última classificada desta ‘poule’.

No primeiro encontro efetuado hoje, a Eslováquia bateu a Suécia por 3-0.

O jogo, antecedido de um minuto de silêncio pelas vítimas do incêndio de Pedrógão Grande e disputado sob calor intenso, começou um triunfo autoritário da Espanha no ‘set’ inaugural, por 25-13, ante uma seleção portuguesa que cometeu erros atrás de erros.

Vanessa Rodrigues, a passadora portuguesa que desmaiou após o jogo com a Eslováquia, na véspera, tendo sido levada para o hospital, começou no banco e de lá não saiu, tendo Portugal sentido a sua falta, pois um dos pontos fracos da equipa foi a distribuição.

A inconsistência exibicional da seleção, que já se tinha manifestado nas duas jornadas anteriores, voltou a fazer mossa no segundo ‘set’ e a Espanha conquistou uma vantagem decisiva (20-14).

Foi nessa altura que Julia Kavalenko, até então muito desinspirada, fez bom uso do seu serviço poderoso e Portugal deu um ar da sua graça, recuperando de 24-16 para 24-20.

A Espanha fechou logo a seguir esse ‘set’ (25-20), em resultado da sua maior qualidade coletiva e individual.

O terceiro ‘set’ começou por ser equilibrado e Portugal conseguiu até liderar o marcador por duas vezes (5-6 e 6-7), até que a Espanha, gradualmente, passou para a frente e, sem cometer tantos erros como a seleção portuguesa, venceu por 25-20.

Conteúdo publicado por Sportinforma