José Mundila foi neste sábado reeleito presidente do Inter da Huíla com 227 votos a favor, correspondendo a 87,27 por cento dos sufrágios válidos, batendo na concorrência Leonor Santana.

Após o ato, o presidente reeleito e também antigo árbitro disse que pretende prestar mais atenção nos escalões de formação e reedificar as suas infra-estruturas, visando promover cada vez mais o futebol e as modalidades individuais, sobretudo.

Sublinhou que o Inter da Huíla alberga hoje modalidades de futebol, atletismo, basquetebol feminino, andebol, judo e taekwondo, que congregam 345 atletas.

Realçou que o clube tem vários imóveis que precisam ser restaurados e rentabilizados para o bem do desporto.

Integram a equipa eleita 18 elementos, com destaques para três vice-presidentes, Carlos Dias Fernandes, Hélio Lopes Medeiros e Guilherme Chipa, ao passo que que o conselho fiscal é composto por Pedro Durão e Fernanda Paulino, sendo que para o conselho disciplina, Manuel Paulo e Alice Cristina de Sousa.

Durante o quadriénio 2016-2020 a agremiação arrecadou mais de 11 milhões de kwanzas, com aluguer dos equipamentos fixos e móveis.

O Inter Clube foi fundado em 28 de Fevereiro de 1989, sendo que, em 1993 e 1994, se classificou em oitavo e sexto lugares, respectivamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.