Depois de registar um ciclo de cinco derrotas seguidas e um empate no nacional, o Benfica de Luanda surpreendeu o 1º de Agosto com uma vitória por 2-0, e garantiu o apuramento para os oitavos-de-final da Taça de Angola em futebol.

Os benfiquistas que perdiam desde a 10ª ronda diante do 1º de Maio de Benguela (1-2), seguido do Kabuscorp do Palanca (0-1), ASA (0-1), Petro de Luanda (0-2) e empate com Progresso do Sambizanga (0-0) no Girabola, esta noite para taça da de Angola foram peremptórios afastando os militares com golos de Savane, aos 14 minutos e Gomito, aos 37 minutos.

No inicio da partida, registava-se um ligeiro equilíbrio entre ambas, porém os rubros e negros eram os que mais “inclinavam” o rectângulo relvado, criando inúmeras dificuldades a defesa encarnada, mas sem êxitos.

A formação do RI20 quase que chegava ao primeiro tento na sequência de um livre, mas o remate de Isaac embateu num contrário.

No prosseguimento, as águias da capital do país sem qualquer domínio, sentiam-se sufocados em função dos constantes ataques oriundos dos dribles dos médios adversários Ibukun, Bua, e avançados Gelson e Geraldo.

Os dois contendores imprimiam pouca velocidade nas transições ofensivas, portanto, via-se um Benfica mais defensivo e que, em poucas oportunidades procurava surpreender os anfitriões.

Aos 14 minutos, Savane em missão individual enganou os defensores militares, ao penetrar na área com Toni Cabaça indefeso, marcou o primeiro golo da partida.

Em resposta, o 1º de Agosto ainda tentou abrir-se nas alas com Geraldo e Mingo Bile a procurarem linhas de jogos para servir o avançado Gelson, mas este, estava sem espaço de manobra dada a forte estrutura defensiva montada pelo Técnico Zeca Amaral.

Entretanto, Gomito foi feliz num ataque ao finalizar com golo de cabeça, um ponta pé de canto efectuado, por Manuel, aos 37 minutos, acumulando a vantagem para 2-0, ao intervalo.

No reatamento, o treinador do 1º de Agosto Dragan Jovic insatisfeito com o resultado colocou no relvado Romaric e Fissi para os lugares de Jumisse e Paizo, ambos aos 45 minutos.

O grupo ganhou mais rapidez na abordagem dos lances, mas ainda assim sem sorte para invertem o placar.

A partir dai, vários momentos foram registados, a turma do RI20 permanecia no domínio, mas em nada alterou na vitória do Benfica de Luanda (2-0) que qualificou-se para outra fase e vai defrontar o Interclube, nos oitavos-de-final agendado para o dia dois (2) de Julho.

O FC Bravos do Maquis é o detentor do título disputado em 2015.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.