Com ausências de Ruddy, Jonathan, Kussunga, Alexander e Dominique, a seleção de Angola realizou esta manhã o último treino pré-competitivo em Luanda, visando o jogo deste sábado frente à sua congénere do Gabão, pontuável para a primeira jornada do grupo C de apuramento para o Campeonato Africano das Nações de 2015, em Marrocos.

Os atletas em questão foram dispensados para resolverem assuntos relacionados com os seus passaportes.

Durante a preparação, o técnico Romeu Filemon, nos primeiros 20 minutos, focalizou o seu trabalho nas jogadas a partir do meio-campo, onde os jogadores desse setor foram obrigados a se libertarem da bola, após um ou dois dribles sobre o adversário.

O médio Gilberto foi o mais utilizado na distribuição das jogadas, tendo posto em evidências as suas habilidades em jogadas curtas e em passes longos para as alas. Como de costume, o trinco Chara foi destaque, sobretudo na recuperação das bolas perdidas nesse setor.

O outro momento do treino, com duração de 45 minutos, foi o trabalho de jogadas combinadas a partir do meio-campo para as alas.

Nessa sessão, o selecionador, coadjuvado por José Kilamba, exigiu que os médios fossem mais criativos e rápidos, por formas a deslocarem os alas em posições favoráveis para receberem as bolas e cruzarem para a área adversária.

O terceiro foco do treino esteve relacionado com a cobrança de cantos. O objetivo foi criar a tática defensiva, obrigando os defensores a se posicionarem em pontos estratégicos, visando impedir os ataques dos contrários.

O treino, como de costume, terminou com uma preleção, não se registando nenhuma lesão nos atletas presentes na preparação, a última para o embate com o Gabão.

Entretanto, esta tarde serão conhecidos oficialmente os futebolistas para a partida contra os gaboneses, durante uma conferência de imprensa, a realizar-se na Galeria dos Desportos, situada no complexo da Cidadela, em Luanda. Após o encontro com a imprensa, a seleção viaja para o Gabão.

Contudo, a Angop soube que a delegação nacional integrará 23 futebolistas, além dos técnicos e dirigentes desportivos, entre eles o presidente da Federação Angolana de Futebol, Pedro Neto, que chefiará a caravana.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.