Os clubes e a Associação Provincial de Futebol (APF) do Uíge estão a beneficiar, desde início de Setembro, do apoio financeiro da FIFA, feito a Federação Angolana de Futebol (FAF), para apoiar a modalidade no país nesta época de instabilidade das sociedades causada pela pandemia da COVID-19.

Segundo o vice-presidente da AFP-Uíge, Altino Osvaldo de Sá, em declarações hoje, sexta-feira, sobre o suporte financeiro da Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), todos os associados foram contemplados para mitigar as necessidades e preocupações actuais.

Dos 1.000.350.000 (um milhão e trinta e cinco mil doláres) disse, que devem ser correctamente geridos com transparência, 16 e 12 mil dólares foram disponibilizados as associações e equipas, respectivamente, para que possam receber a segunda tranche a ser entregue em Novembro.

O vice-presidente da APF esclareceu ainda que a referida verba apenas serve para suportar projectos de massificação e desenvolvimento do futebol nas comunidades, ao invés de servir para pagar salários, advertiu.

Em entrevista à Angop, após o esclarecimento sobre ajuda financeira da FIFA, exortou para necessidade dos agentes locais do futebol estarem unidos, atendendo a sua importância social, sobretudo para a juventude que é retirada da crimilalidade, alcoolismo e consumo de drogas.

Participaram do evento, os clubes Santa Rita de Cássias, ASK Dragão, Estrelas Futebol Clube, Nuame Maka, Sporting do Negage, Renascimento do Uíge, Futebol Clube do Uíge e Desportivo do Songo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.