Apesar do jejum nos últimos dez jogos no Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão "Girabola2019/20", o técnico do Cuando Cubango FC, Albano César, acredita na permanência na competição.

Actualmente com 16 pontos, na penúltima posição (14ª), a equipa disputa a manutenção na competição com o Ferroviário do Huambo (12º/19 pontos), Progresso Sambizanga (13º/18) e Santa Rita de Cássia (15º/13).

Em função da desqualificação do 1º de Maio de Benguela (16º concorrente), a prova vai relegar para o escalão secundário as duas últimas equipas da classificação final.

Diante destes números, Albano César afirmou, nesta quinta-feira, à Angop, que a sua equipa defrontará o Recreativo do Libolo, sábado, em Calulo, para a 24ª jornada, ciente da necessidade de vencer, visando o objectivo de manutenção, quando restam ainda sete desafios.

O treinador, que se mostrou preocupado com o aspecto da finalização do plantel, disse ser ainda matematicamente possível manter-se no Girabola, reconhecendo, no entanto, que outras equipas “na linha vermelha” também trabalham para o efeito.

O Cuando Cubango FC joga ainda com a Académica do Lobito, em casa emprestada, no Bié, para a 25ª ronda, com o Sporting de Cabinda, fora do seu reduto, para a 26ª, recepciona o Wiliete de Benguela (27ª), joga em Luanda com o Progresso Sambizanga (28ª), recebe o Desportivo da Huíla (29ª) e termina o campeonato no Dundo, diante do Sagrada Esperança (30ª).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.