O presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Pedro Neto, revelou, em Luanda, que o treinador Oliveira Gonçalves foi convidado como primeira opção para substituir o uruguaio Gustavo Ferrin, no comando técnico da seleção angolana, em 2014, mas recusou o convite.

Ao intervir como convidado do programa Grande Informação da TPA, que abordou "Estado do Futebol em Angola", terça-feira, à noite, o dirigente federativo afirmou que foi sempre sua intenção ver o homem que levou os Palancas Negras ao Mundial2006, na Alemanha, retornar à equipa, o que não aconteceu por decisão do treinador.

“Quando rescindimos o contrato com o treinador Gustavo Ferrin, contatei pessoalmente o Oliveira Gonçalves, que respondeu-me que o momento não era oportuno. Isso inviabilizou o seu regresso a seleção, como era o nosso desejo”, disse.

A resposta, segundo o responsável da FAF, levou a que a sua instituição tivesse algumas dificuldades para suprir a vaga deixada pelo técnico estrangeiro, recorrendo-se aos préstimos do atual treinador angolano Romeu Filemon.

Contratado para dois anos, o uruguaio Gustavo Ferrin trabalhou de 2013 a 2014, dirigindo a equipa angolana a fase final do CAN2013, na África do Sul, falhando a qualificação ao CHAN2014, no mesmo país.

Durante o debate de cerca de duas horas, também transmitido pela emissora desportiva (Rádio-5), foram abordados também aspectos relativos ao nível e formação dos treinadores, árbitros, potencialização do futebol jovem e corrupção pelo responsável da FAF.

Participaram no programa, o diretor para a política desportiva, António Gomes, o presidente do Kabuscorp do Palanca, Bento Kangamba, o membro da comissão de gestão do Recreativo da Caála, Horácio Mosquito, o antigo capitão dos Palancas Negras Akwá, e o comentador para o futebol, António Alegre.

Oliveira Gonçalves é a maior referência dos treinadores de Angola, tendo sido o responsável pela primeira taça de campeão africano conquistada por Angola, em 2'001, na Etiópia, em sub-20; também foi com este treinador que os Palancas Negras chegaram à segunda fase (quartos-de-final) do CAN pela primeira vez.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.