O técnico adjunto FC Bravos do Maquis Ivo Campos lamentou a derrota diante do Petro de Luanda por 0-2, mas acredita numa possível qualificação para a final da taça de Angola.

À imprensa, no final da partida da primeira mão disputada no estádio 11 de Novembro, o técnico disse que a derrota foi pesada pela exibição que fizeram, sobretudo na segunda parte.

" Jogamos aberto e fizemos uma boa segunda parte e quando menos esperávamos sofremos o segundo golo de maneira estranha", argumentou.

Ivo Campos referiu ainda que a eliminatória não está perdida porque os Bravos do Maquis vão fazer tudo para vencer o jogo da segunda "mão".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.