A pequena cidade de Zenica está hoje "pintada" de azul e amarelo, as cores da bandeira da Bósnia-Herzegovina, e invadida por "clones" do avançado Edin Dzeko, num cenário que faz lembrar o vivido em Portugal durante o Euro2004 de futebol.

De um dia para o outro, esta cinzenta cidade bósnia ganhou vida, cor e movimentação nas ruas, nas quais é difícil encontrar uma pessoa que não tenha um cachecol, uma camisola ou um chapéu referentes ao encontro de hoje com Portugal, da primeira mão do "play-off" de acesso ao Euro2012.

Edin Dzeko, jogador do Manchester City e grande figura desta seleção, é de longe o preferido dos adeptos bósnios, principalmente dos mais novos, que passeiam na rua vestidos com a camisola número 11 do avançado.

«Hoje é como se fosse feriado. As pessoas só querem sair à rua e apoiar a nossa equipa», disse à agência Lusa o gerente de um hotel de Zenica.

Automóveis, lojas e prédios têm bandeiras da Bósnia-Herzegovia penduradas nas janelas, enquanto os empregados de alguns cafés e restaurantes surgiram vestidos a rigor com o equipamento completo da seleção do país.

A passear junto dos adeptos locais esteve também o árbitro da partida, o inglês Howard Webb, que chegou à cidade na noite de quinta-feira e aproveitou o tempo livre antes do encontro para conhecer melhor as ruas de Zenica.

O encontro da primeira mão do "play-off" de apuramento parao Euro2012 está marcado para as 20h00 (19h00 em Lisboa), no Estádio Bilino Polje.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.