O futebolista internacional português Deco garantiu hoje que nunca ingeriu substâncias ilícitas e assegurou que só vai comentar o controlo antidoping positivo depois de conhecido o resultado da contra-análise.
«Conversei com o meu advogado e vou aguardar a contraprova. Sempre tomei vitamina e jamais fiz uso de algo ilícito. São 18 anos de carreira e 15 anos na Europa sem qualquer problema. Vou-me manifestar somente após o resultado e vou até o fim para esclarecer os factos», disse o jogador, citado pela sua assessoria de imprensa.
Na terça-feira, a imprensa brasileira noticiou que o jogador teve um controlo antidoping positivo no final de março, após um encontro do Fluminense na segunda fase do campeonato estadual do Rio de Janeiro.
A análise do médio brasileiro, de 35 anos, acusou a presença de furosemida, um diurético, depois do jogo com o Boavista, a 30 de março, e por essa razão foi afastado da equipa do Fluminense, que vai defrontar na quarta-feira o Emelec, do Equador, nos oitavos de final da Taça Libertadores.
Entretanto, o clube carioca anunciou que só vai comentar o controlo antidoping positivo do futebolista quando conhecer o resultado da contra-análise, que deve ser anunciado na sexta-feira.
Deco, que em Portugal representou o Alverca, o Salgueiros e o FC Porto, vestiu a camisola de seleção portuguesa 75 vezes e marcou cinco golos, antes de se retirar da equipa após o Mundial2010.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.