Jorge Jesus e o Flamengo não conseguiram garantir, desde já, a conquista do título carioca, ao perderem esta madrugada na final da Taça Rio com o rival Fluminense.

O jogo foi decidido no desempate por pontapés da marca de grande penalidade, depois de uma igualdade a um golo ao fim dos 90 minutos regulamentares, não tendo havido lugar a prolongamento.

O 'Fla' foi a perder para o intervalo, depois de Gilberto ter dado vantagem ao Fluminense à passagem do minuto 37, ainda chegou ao empate no segundo tempo, já no quarto de hora final, com um golo de Pedro, aos 78 minutos, mas teve menos pontaria no desempate por penalties, acabando batido por 3-2.

O triunfo teria garantido, desde logo, para além da conquista desta Taça Rio, referente à segunda volta do Campeonato Carioca, a conquista do título de campeão do Rio de Janeiro, visto que o Flamengo tinha já vencido a Taça Guanabara (referente à primeira volta).

Assim, a decisão definitiva do Campeonato Carioca fica adiada, com Flamengo e Fluminense a voltarem a medir forças numa 'finalíssima' a duas mãos. A primeira terá lugar a 12 de julho e a segunda a 15.

“Primeiro, quero dar os parabéns ao Fluminense. Fez um golo de ressalto e, depois, jogou para ir aos penáltis, pensando que poderia aí ser superior, o que aconteceu. Não ganhou por sorte, pois foi competente nas grandes penalidades”, disse Jorge Jesus.

À televisão do Flamengo, o técnico luso lembrou ainda que a sua equipa “dominou, praticamente, o jogo todo, sobretudo a segunda parte, em que marcou um golo e criou várias oportunidades, enquanto o Fluminense quase não criou perigo”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.