O regresso de Jorge Jesus ao leme do Benfica tem sido apontado como hipótese caso Bruno Lage venha a deixar o comando das 'águias' nos próximos tempos. O técnico português, recorde-se, renovou recentemente o contrato que o liga ao Flamengo e Luiz Eduardo Baptista, vice-presidente das relações externas do clube 'carioca', abordou o assunto, considerando natural que o treinador desperte o interesse de outros clubes, face à sua qualidade.

"Quando tens um treinador como o Jorge Jesus e um plantel desta qualidade é normal existir este interesse. Encaro isso como um elogio ao que estamos a fazer", sublinhou o dirigente, em declarações a um canal do Youtube.

Depois, contudo, fez questão de frisar que não há vontade de deixar Jesus sair e salientou a boa relação deste com o clube 'rubronegro'. "Acham que as pessoas iam querer outro treinador? Só o Jesus, e também iam pensar no Gabigol, no Bruno Henrique, no Arrascaeta, no Aarão. Mas quanto ao assédio, só tenho a dizer: quando a relação é boa, você está de algum forma blindado. Já sabíamos que ia acontecer e só atesta o esforço que o Flamengo fez para manter o Jorge Jesus", vincou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.