O antigo futebolista brasileiro Zito, campeão mundial em 1958 e 1962, morreu no domingo, aos 82 anos, anunciou esta segunda-feira o Santos, clube no qual alinhou 15 anos.

O Santos não precisou a causa da morte, mas Zito sofreu no ano passado um acidente vascular cerebral na sequência do qual esteve hospitalizado mais de um mês.

O médio Zito disputou três Mundiais de futebol (1958, 1962 e 1966) tendo vencido os dois primeiros.

No Mundial de 1962, no Chile, Zito apontou um dos três golos do Brasil na final contra a extinta Checoslováquia (3-1).

Ao serviço do Santos, enquanto jogador conquistou a Taça dos Libertadores da América em 1962 e 1963, e desempenhou depois um papel importante nas camadas jovens.

José Ely de Miranda, Zito, ficou também conhecido por ter descoberto futebolistas como Neymar, Robinho e Diego.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.