A seleção de futebol da Brava vai estar ausente da Taça Independência que se inicia esta quarta-feira, na ilha do Sal, devido a dificuldades financeiras, informou esta quarta-feira o presidente da Associação Regional.

Segundo Mário Andrade, a viagem do combinado da Brava deveria acontecer quinta-feira, mas, até o momento, a Associação não dispõe do montante da despesa que seria 950 contos e a edilidade bravense só poderá apoiar com um terço do montante.

O vereador do Desporto da Câmara Municipal da Brava, Francisco Walter, lamentou a situação, explicando que a autarquia não dispõe de recursos suficientes para custear o total da deslocação.

"É uma situação que entristece a todos nós, especialmente numa altura em que comemoramos o 40º aniversário da independência nacional. Infelizmente, só podemos apoiar com 200 mil escudos. Assumimos outros encargos com o transporte dos jogadores para o treino e vinda de um atleta que reside na Cidade da Praia", explicou.

O vereador informou que a Câmara Municipal procurou patrocínios junto dos parceiros, mas teve resposta positiva apenas da Cabo Verde Fast Ferry.

Diante desta situação, a seleção de futebol da Brava fica de fora desta edição da Taça Independência, que acontece na ilha do Sal até 9 de agosto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.