Jovane Cabral, extremo de 20 anos do Sporting, deverá recusar a convocatória de Rui Águias para a seleção de Cabo Verde, uma vez que está prestes a adquirir a nacionalidade portuguesa.

O jovem está a finalizar o processo de naturalização, segundo confirmou a agência do jogador ao jornal O Jogo. "O processo está em fase terminal. Acreditamos que em setembro fique tudo tratado", revelou a agência Invictus Team.

"Em setembro ele fica apto para jogar pela seleção de Portugal, e é isso mesmo que ele pretende", acrescentou a mesma fonte.

O selecionador cabo-verdiano Rui Águas convocou-o para defrontar o Lesoto no dia 9 de setembro, em partida a contar para a fase de apuramento da CAN'2019, mas o extremo não vai comparecer à chamada, uma vez que, nesse caso, ficaria depois impedido de trocar de seleção.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.